domingo, 3 de junho de 2012

Cores e Luz Veneziana

Enquanto a escola em Florença foi importante para o grande florescimento da Renascença Italiana, a escola em veneza desenvolvia algumas inovações importantes também. Ao final do século XV, Veneza era uma cidade-estado poderosa e independente bem como uma parte importante da rota de comércio de pigmentos, temperos e sedas. Uma das maiores influências em Veneza no fim do século XV foi a escola de Pádua, em particular os efeitos esculturais e tridimensionais realizados pelo grande mestre da perspectiva, o pintor Andrea Mantegna.
   Ao mesmo tempo, Antonello da Messina (1430-79) introduzia a técnica de pintura a óleo de Van Eyck à Veneza. Messina se deparou pela primeira vez com pinturas a óleo pelo artista holandês em Nápoles, e usou a técnica em seu próprio trabalho com sucesso - principalmente retratos e obras religiosas. Até este ponto, os artistas italianos tinham trabalhado principalmente com têmpera, um meio de secagem rápida na qual os pigmentos são suspensos em gema de ovos. A pintura a óleo, por outro lado, é de secagem lenta e isto tem a vantagem de criar um grau maior de realismo, pois os artistas podiam criar imagens mais lentamente, camada por camada.
    Messina passou seu conhecimento de pintura a óleo para Giovanni Bellini (1431-1516), que se tornaria um dos artistas mais importantes da escola de Veneza. Bellini adotou a técnica de verniz a óleo e a passou para seus famosos alunos, primeiro Giorgione (1477-1510) e mais tarde Ticiano (1488-1576). Bellini pintou principalmente temas religiosos, mas demonstrou habilidade para criar harmonia lírica entre suas figuras e cenário.
     O estilo maduro de Bellini impressiona por causa de seu alto grau de realismo e variação sutis de tom e cor. Em O Doge Leonardo Loredan, 1501-1504, Bellini mostra o governante de Veneza como uma pessoa sábia, sensivel e digna. Não havia retratos que expressasem tanta inspiração ou sentimento antes. Esta sensibilidade veneziana pela luz e cor pode ser encontrada também na obra de Giorgione, cuja vida permanece um enigma. Suas pequenas pinturas a óleo altamente coloridas e atmosféricas, geralmente pintadas, em sua maior parte, para colecionadores particulares abastados.



 > A Tempestade (detalhe), 1510 Giorgione
Os historiadores de arte têm debatido por muito tempo o significado do enigmático primeiro plano de A Tempestade, com suas pequenas colunas, um soldado e uma mulher seminuaamamentando seu filho. Em segundo plano, o clarão de um raio enche a cena com uma sensação de agouro.



> O Doge Leonardo Loredan, 1504 Giovanni Bellini
 O retrato sensível de Bellini do poderoso governante vai além de mera adulação. Bellini usa sua inspiração e habilidade para transmitir no rosto do Doge uma mistura de emoções - compaixão, inteligência e confiança - com uma quantidade mínima de informação.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários que seram excluidos

Comentários em letra maiúscula.
Comentários de anônimos.
Comentários fazendo propaganda de seu próprio blog.
Comentários com o português miguxes.( Awe amiga, s bg ew shou di bola. Xuper bj)
Comentários com palavras obsenas.
Comentários com insultos.
Comentários falando mal de outros blogueiros.(resolva seu problema direto com seu desafeto)
Comentários perguntando o que já tem aqui no blog.
Comentários pedindo para eu ir até o seu blog dar uma olhadinha.
Comentários pedindo para adicionar ao MSN.
Comentários racistas.


Por favor, entenda que não tenho tempo para isso, não é má vontade mas não posso e o mais importante, não quero me aborrecer com estes pormenores.

Divulgue-o

Windows Live Messenger + Facebook

Google+ Badge