domingo, 30 de setembro de 2012

Retratos e Miniaturas da corte

    A Reforma Protestante inspirada pelos ensinamentos de Martinho Lutero - provocou uma crise nas artes, pois as imagens católicas foram denunciadas como "idolatria". Os protestantes não condenaram toda a arte - era a arte religiosa católica a qual eram contra - mas isso significou que houve, de repente, muito poucas encomendas para os pintores. Alguns artistas se tornaram redundantes e alguns escolheram perseguir ocupações semelhantes ou, em alguns casos, diferentes.
   Hans Holbein o Jovem (1497-1543) trabalhou inicialmente no ateliê de seu pai em Augsburg, mas partiu cedo em sua carreira para viver em Basel. Em 1516, Holbein Havia começado a pintar retratos que eram delicadamente feitos de maneira realista. Entre 1517 e 1519, seu estilo se tornou perceptivelmente mais suave, mostrando como as inovações da Renascença Italiana estavam agora se infiltrando no norte. Em 1525, havia muito desconforto e luta em Basel à madida que a Reform começou a se espalhar pela Europa. Holbein decidiu ir para a Inglaterra e tomou um navio com uma carta de apresentação para o Tesouro do Rei, Sir Thomas More, de um de seus patrocinadores, o acadêmico holandês Erasmo.
    Apesar do Rei Henrique VIII estar comprometido com a Reforma Protestante, havia abertura na Inglaterra - um país que não possuia uma história de grandeza artística - para um artísta pintou um retrato da família More; isto foi um momento importante por ter sido a primeira vez que alguém pintava o retrato de um grupo de uma família em casa.
    Em uma segunda visita à Inglaterra em 1532, foi apresentado a Henrique VIII e produziu uma série de impressionantes retratos da corte, incluindo um do rei com sua terceira esposa, Jane Seymour. Um olhar sagaz, porém respeitoso , significou que ele conduziu uma fina linha entre o embelezamento de seus modelos e a exposição de suas verrugas e tudo; seu estilo objetivo, sem julgamento, fez com que permanecesse em sua posição como o principal artista na corte Tudor.
    Anos mais tarde, Holbein se voltou para a pintura em miniatura (ou colagem), organizando pequenos retratos da cabeça e ombros de seu modelo e escolhendo detalhes com um fino pincel. Seu único sucessor digno de menção foi um miniaturista inglês Nicolas Hilliard, que foi escolhido como miniaturísta e ourives pela Rainha Elizabeth I em 1562.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários que seram excluidos

Comentários em letra maiúscula.
Comentários de anônimos.
Comentários fazendo propaganda de seu próprio blog.
Comentários com o português miguxes.( Awe amiga, s bg ew shou di bola. Xuper bj)
Comentários com palavras obsenas.
Comentários com insultos.
Comentários falando mal de outros blogueiros.(resolva seu problema direto com seu desafeto)
Comentários perguntando o que já tem aqui no blog.
Comentários pedindo para eu ir até o seu blog dar uma olhadinha.
Comentários pedindo para adicionar ao MSN.
Comentários racistas.


Por favor, entenda que não tenho tempo para isso, não é má vontade mas não posso e o mais importante, não quero me aborrecer com estes pormenores.

Divulgue-o

Windows Live Messenger + Facebook

Google+ Badge