sexta-feira, 1 de junho de 2012

Alegoria e Graça

 
  Sandro Botticelli (1445-1510) nasceu em Florença e passou a maior parte de sua vida na cidade. Na maior parte, Botticelli não foi afetado pela tendência ao realismo que era tão forte em sua época; rejeitou as novas descobertas científicas, prodizindo uma obra que era bastante distinta de seus contemporâneos. Foi ensinado por Fra Filippo Lippi, cujos afrescos graciosos eram um modelo de refinamento, e indubitavelmente influenciou o desenvolvimento do estilo delicado e linear, próprio de Botticelli.
    Botticelli possuia um talento real e incomum para o desenho o que levou a encomendas de patronos, incluindo a família Médici, que queriam que pintasse personagens da mitologia clássica. O governante florentino, lorenzo de Médici, interessou-se pelo paganismo depois que conheceu um grupo de neoplatonistas que haviam rompido com a visão de mundo convencional cristã. Isto levou Botticelli a produzir suas obras pagãs mais famosas, O Nascimento de Vênus e A Primavera. Estas pinturas apresentam cenas mitológicas nas quais bonitas jovens pálidas, alongadas, seminuas em panos esvoaçantes, e com longos cabelos ao vento, flutuam contra uma paisagem sobrenatural. Botticelli estava interessado nos ritmos das linhas e nos arranjos de suas figuras idealizadas; não está de forma alguma tentando convencer-nos de seu peso e substância. É difícil, entretanto, imaginar o efeito que a Vênus de Btticelli teve no público da época. Aqui estava uma mulher nua quase do tamanho real, cuja representação nunca havia sido vista na arte anteriormente.
     A única viagem significativa de Botticelli para fora de Florença foi uma visita a Roma em 1481-2 quando trabalhou em afrescos na Capela Sistina no Vaticano. Administrava um ateliê movimentado e seu talento supremo como desenhista significou que, no auge de sua carreira, seu trabalho era muito requisitado.
     Também produziu retratos e desenhos a tinta para ilustrar a Divina Comédia de Dante. Após a morte de Lorenzo de Médici, seu trabalho se tornou maissóbrio e intenso e, quando as cruzadas estavam no auge, Btticelli destruiu algumas de suas obras anteriores que iam contra os sentimentos religiosos que havia desenvolvido. Apesar de desfrutar de popularidade em vida, morreu na obscuridade.

 
> Madona e Criança com Dois Anjos (detalhe), 1465.
Órfão, Fra Filippo Lippi era um monge cujo talento para pintura aliada a uma fascinação por uma vida mais mundana fizeram com que finalmente abandonasse os mosteiros. Filipo Lippi é conhecido especialmente por seus estudos da Virgem e Criança, os quais, como este busto da Madona, revelam habilidades de desenhista e são geralmente ricos em detalhes ornamentais.

 
> O Nascimento de Vênus, 1485-86 
 Uma das obras mais celebradas de Botticelli: Vênus é soprada até a praia por deuses dos ventos alados, em uma concha, para se recebida por uma ninfa com uma capa de cetim e uma chuva de rosas. Apesar de ser uma celebração da beleza espiritual, era, entretanto, uma imagem pagã produzida no auge da influência da igreja Católica Romana.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários que seram excluidos

Comentários em letra maiúscula.
Comentários de anônimos.
Comentários fazendo propaganda de seu próprio blog.
Comentários com o português miguxes.( Awe amiga, s bg ew shou di bola. Xuper bj)
Comentários com palavras obsenas.
Comentários com insultos.
Comentários falando mal de outros blogueiros.(resolva seu problema direto com seu desafeto)
Comentários perguntando o que já tem aqui no blog.
Comentários pedindo para eu ir até o seu blog dar uma olhadinha.
Comentários pedindo para adicionar ao MSN.
Comentários racistas.


Por favor, entenda que não tenho tempo para isso, não é má vontade mas não posso e o mais importante, não quero me aborrecer com estes pormenores.

Divulgue-o

Windows Live Messenger + Facebook

Google+ Badge